#Designers: A influência de Raf Simons na moda masculina

Após algumas considerações e de ter assistido ao documentário Dior and I (embora este não tenha muito a ver com o tema em questão), decidi conceber uma nova série de posts que ilustre os principais designers no cenário da moda masculina atualmente, afim de nortear e proporcionar uma visão do que existe lá fora e que é pouquíssimo conhecido por aqui.

RAF SIMONS

Raf-Simons-par-Willy-Vanderperre

Raf Simons é um designer belga nascido em 12 de janeiro de 1968, formado em designer de móveis na Bélgica em 1991, trabalhou no estúdio do designer conterrâneo Walter Van Beirendock, onde tomou gosto pela moda, em seguida trabalhou no atelier de Jean Paul Gaultier em Paris. Raf lançou sua marca de moda masculina em 1995. Criando coleções que buscavam inspiração na moda de rua, no estilo punk e muitas outras influências controversas, Raf Simons se tornou referência no que diz respeito ao pioneirismo da moda belga, num time que inclui designers como (Kris Van Assche, Ann Demeulemeester, Dries Van Noten, Martin Margiela, etc).

fall 2015 cl

153raf_simons20.56de2103734.original

Em 2005 se tornou diretor criativo da label alemã Jil Sander, vivendo por sete anos o que muitos consideram a melhor fase de sua carreira, Raf criava simultaneamente as coleções masculinas e femininas da Jil Sander e as da Raf Simons na moda masculina. Em 2012, a essa altura já figura chave do calendário da semana de moda Paris, Raf foi contratado como diretor criativo da Maison Christian Dior, onde desenvolve as coleções de alta-costura e prêt-a-portêr femininas.

SONY DSC
Raf Simons para Jil Sander
raf at jil
Raf Simons para Jil Sander

Jil Sander Menswear SS11 01 raf-simons-mens-fashion-runway-show-the-impression-spring-2015-031 tumblr_mpvfcvN1nG1qb1iiio1_500

spring 2016

Mas é no universo masculino que a base de Raf está firmada, sua visão contemporânea se deve a sua capacidade de destilar um ideal jovial em sua indumentária.

Por exemplo, existe uma discussão sobre quem definiu a silhueta skinny/slim na década de 2000, Raf Simons e Hedi Slimane (hoje na Saint Laurent Paris) criaram coleções que propunham o mesmo shape.

raf simons slim suit

Na primavera de 2002, Simons propôs sua segunda silhueta. Uma sequência de looks com sobreposições compostas por casacos com capuz, casacos de couro, camisetas estampadas com inúmeros logotipos e casacos de couro determinavam a estética “guerrilha urbana”.

ln-cc-raf-simons-6

4ccd8628856fee09a8444f4b04bc81f6

Embora seja considerado um minimalista, suas colaborações vão em contrapartida com esse conceito, tanto pelo seu número quanto por suas características. Colaborações com rappers como A$AP Rocky, Kanye West, Adidas e Fred Perry, foram ótimas jogadas de marketing que se infiltram perfeitamente em seu estilo fortemente inspirado pela moda de rua (streetwear) e seus subsequentes ritmos musicais como o rap e o hip-hop.

tumblr_mi6603hdOZ1qhu8cfo1_1280 asap-rocky-raf-simons-0raf-simons-adidas-portadatumblr_nqgzd740Pp1qziwo0o1_500

Recentemente foi lançado o documentário Dior and I, que exibe o processo de criação e desenvolvimento da primeira coleção de alta-costura de Raf Simons para a Dior. Veja o trailer legendado do documentário:

Fontes:

Style.com

Pinterest

Tumblr

http://www.complex.com/style/2015/04/raf-simons-predicted-how-men-dress-today/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *