É normal se sentir insegura na Gravidez?

-Quando escrevi esse post estava com 11 semanas de gestação (algo como 2 meses e meio)- as minhas amigas sempre ficam confusas quando conto em semanas hahahahaha.

E lá vamos nós para mais um post, sao três da manhã (3h25m dia 11 de fevereiro de 2017) e aqui estou na loucura dos meus pensamentos e acabei de me perguntar: É normal se sentir insegura na gravidez? Só Posso ser uma louca, preciso de terapia, preciso de uma semana no Brasil, preciso de um cachorro, são necessidades mescladas nessa dura jornada da vida.

Não estou sabendo lidar com esse turbilhão de sentimentos, choros, sorrisos e a vem o desespero, sem falar  quando vejo gravida tão feliz em meio esse caos que minha cabeça esta passando, não que eu não aceito a minha gestação e sim  porque acredito que essa GRANDE LOUCURA faz parte.

As vezes sinto que a sociedade te obriga a estar sempre feliz, como se a demonstração de medo, angústia e ansiedade fosse fazer dela uma péssima mãe, mas essa não é a realidade, aliás meu corpo está trabalhando duro para gerar um bebê, controlar todos esses sentimentos tem sido muito difícil, tem dias que penso que não vou saber administrar, que vou surtar de vez.

Será que todas as mamães passam por isso? Até mesmo aquelas que planejam? Tenho minhas duvidas rssss, é meus amores o segundo semestre está se aproximando e a esperança é de que o corpo já está se adaptando e a mente acalmando, por enquanto sigo com essa insegurança.

Adorei ver a jornalista Rafaela Brites compartilhando esse sentimento:

“Eu tive tudo. Insegurança, achei que ia ser uma péssima mãe, que não ia ter tempo, dinheiro, não ia ter leite. Começou uma bad trip, senti medo, insônia”, contou.

Mas, vale também pensar que o processo é natural e que não é tudo lindo e recheado de felicidade o tempo todo. Assim como em qualquer fase de mudança na vida, a gestação tem seus lados positivos e negativos para todo mundo, o que vale é a forma como cada uma vai encará-los.

Beijos amores

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *